segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Pedidos para 2013

1 - Que eu consiga não somente entrar em 2013, como terminá-lo também, assim como até às 23:00h do dia 30/12/2012 está acontecendo comigo! Até agora...

2 - Que comprem o meu livro TONIQUICES DO PEREIRA em www.editoramultifoco.com.br.

Adjetivar é emburrecer um texto!
++++++++++++++++++++++
Sou o teórico da minha própria prática.

BOA LEITURA. MAS ATENÇÃO!


Atenção, o que vocês vão ler agora não tem a digitação e a correção de Rafael Sieg e de Michele Almeida Zaltron. Portanto, é fruto de minha total ignorância, vamos lá: ouvindo Luiz Melodia na televisão, sem ver, mas apenas como o rádio da minha infância, cercado pela minha queridíssima bisavó DINDINHA, pela minha tetravó Bebé - que me proporcionou os primeiros contatos com o meu ofício de atuar, pelo simples fato de sofrer de Alzheimer, quer dizer, sofrer para os outros, para mim era uma brincadeira - e também pela implicante tia Carnem, mal humorada e, portanto, é claro, virgem. Diante deste soberbo Luiz Melodia, começo algumas reflexões sobre a felicidade e chego à conclusão de que ela não existe de forma perene, mas apenas nos instantes da vida em que nos permitimos sermos fiéis a nós mesmos. Portanto, não existem planos futuros, só existe o agora e temos que executar este instante com a maior fidelidade a nós mesmos, que só nós podemos nos oferecer (Deus que somos de nós mesmos). Não há valor externo, conceituado por alguns parnasianos de plantão, que substitua o minuto, o segundo de felicidade que vivemos agora, agora, agora. Ora, senhores parnasianos de plantão, como imaginar uma felicidade futura, se ela pode acontecer, ou não, no agora. Sejamos maduros e felizes agora, pois não sabemos neste momento se estaremos felizes no próximo momento de nossas vidas, para felicidade nossa ou infelicidade, não sabemos quando respiraremos pela próxima vez. Portanto, fidelidade a nós mesmos, sempre!!!!!!!!

Vou avisar aos que ainda não entenderam, minhas palavras são tão chulas quanto também sublimes, em uma leitura mais benevolente. Portanto, pensem antes de me xingar, se bem que sei que mereço e até gosto de ser xingado, estou consciente da minha imbecilidade.

POUPEM-SE. 
AOS QUE PLANEJAM ME DENEGRIR, AVISO, NINGUÉM FAZ ISSO MELHOR DO QUE EU MESMO!!!

TONICO É CULTURA


Jamais serei um burocrata cultural de um governo, mas já exerci o espaço destinado a esses privilegiados, só que com liberdade (ou não assumiria) digna de um DARCY RIBEIRO. Consegui realizar projetos imaginativos, não dependentes do $ do povo, e isso me deu a possibilidade imaginada, de que podemos sempre realizar, sem sedes, sem espaços, sem recursos, é só mergulhar no imaginário cultural do povo (me incluo, pois sou desse pedaço) e deixar que tudo aconteça, sem interferências de uma classe média diplomada, geralmente ligada ao poder e que não enxerga mais do que um palmo além do seu nariz. Eu não sou nenhum administrador governamental/cultural, minha pretensão é maior, eu quero simplesmente ser cultura.

Já fui corno várias vezes, mas não me intimido, nunca penso em me aposentar, e acho até que o homem, para atingir maioridade e excelência, precisa de um chifre regulador vez em quando (mulheres não abusem, pode dar merda).

A QUEM INTERESSAR POSSA:


MEU ESPÍRITO ANDOU POR ALGUNS DIAS FORA DO SEU EIXO, DESEQUILIBRADO MESMO, MAS POSSO GARANTIR QUE ELE JÁ ESTÁ GIRANDO EM SEU PRÓPRIO EIXO, SOBERANO E ILUMINADO, ÀS VEZES, ATÉ COM ALGUMA RAIVA, MAS NADA QUE FUJA DO NORMAL NUM HOMEM ANORMAL COMO EU. PORTANTO, APROVEITO PARA ME DESCULPAR COM QUEM SE SENTIU OFENDIDO COM ESTA EXPLICITUDE ENERGÉTICA QUE HABITA O MEU CORPO, À QUAL NÃO QUERO QUE SE AFASTE DE MIM JAMAIS, MESMO QUE, ALGUMAS VEZES, TENHA DE ME DESCULPAR.

AVISO

Por favor, não me desafiem, eu costumo aceitá-los, todos, independente do tamanho do adversário, mas devo avisá-los, não pretendo matar ninguém, porém, não tenho nenhum medo de morrer

Qualquer dia me jogarei na lagoa com intenção de chegar ao outro lado, claro que não conseguirei e morrerei no meio dela, ou seja, morrerei dentro da minha buceta preferida encharcada pelo seu amor mais úmido.

CAI-CAI


Estou lançando um livro, mas o meu próximo já tem título, como sou brasileiro retomarei a época grandiosa das chanchadas, e, portanto, o meu livro ao invés de hai-kai se chamará, CAICAI, e, se me permitem, viva o GRANDE OTELO!!!

A única possibilidade do ser humano ser feliz será quando um homem e uma mulher se comerem literalmente, não só sexualmente. Vísceras expostas desenharão de forma abstrata e concreta sabores mais primários que deverão existir um dia: amor, solidariedade (real), paixão, parceria e, fundamentalmente, muita, muita tesão. E nós nos chamaremos pra sempre de NÓS!!!

GOYTACÁ & KAYOWÁ


Se não me falha a intuição e a estatística, existe, no momento, apenas um índio GOYTACÁ, e ele é guerreiro, já que foi o único sobrevivente da sua tribo. Agora está louco (cuidado!) atrás de uma Índia KAYOWÁ, porque tupã lhe falou que sua espécie só resistiria a partir desse encontro, antropofágico e sexualmente prazeroso, onde a dor e o amor serão apenas realidade e não sonhos burgueses, em que os casais se juntam por algumas vantagens efêmeras, mas nunca, pela tesão incontrolável e a responsabilidade de miscigenar o mundo, nos tornando a todos altaneiros/iguais.

UNIDADES: 
Distância/quilometro. Altura/metro. Peso/quilo. Vida/jazz.

?O MESMO OU O MESMO?


O mesmo quarto, a mesma cama, o mesmo banheiro, a mesma privada, o mesmo chuveiro, escovas de dentes separadas, mas poderiam ser a mesma. Tudo isso junto pode levar um casal à loucura, loucura de tédio ou loucura de amor. Escolha a sua.

Eu não luto contra a proximidade da velhice, chegaremos lá compulsoriamente, luto sim contra a possível demência. Mas, não adiante a minha morte, saiba que a minha primeira aula de teatro me foi dada pela demência de minha tetravó BEBE. Então, a partir da minha experiência, eu poderei ser também objeto de formação para um outro ator que virá.

Eu sou o verdadeiro dono do meu mundo, pois me satisfaço com uma cama, uma privada, um chuveiro, um fogão, um balão de oxigênio e com a presença de todos no meu enterro pedindo bis, quem sabe com essa energia toda eu ressuscite e constate que meu mundo é grande pra caralho (a medida é o meu). E a energia dividida nos teatros entre eu e vocês me dará uma sobrevida de pelo menos mais cem anos. Pra que mais? Bom, eu posso mudar de ideia nesses cem próximos anos!

Detesto essas pessoas (nada pessoal) que dizem: eu sou de Campos, eu sou do Rio de Janeiro, eu sou da Bahia, eu sou de São Paulo. Eu sou sou apenas o fruto do encontro entre a buceta (naquele momento) do meu pai e o caralho (da minha mãe naquele momento), que poderia acontecer em qualquer geografia, mas sempre presente na tesão dos dois. Não precisamos de uma cidade, de um estado, de um país, precisamos apenas de uma cama, ou de uma moita, no mais são sonhos impossibilitados por uma realidade que pode ser plena, ou não.

HOMEOPATIA FACEBOOKIANA 2


Não tenho nenhuma ambição na vida, a não ser morrer devagarinho a cada dia, a minha meta é 120 anos, mas posso querer aumentar esse tempo, conforme o meu humor.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Favor não me levar a sério. Estão avisados. Não tenho nenhuma responsabilidade por sua inocência.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Eu não quero ser enterrado por coveiros impessoais, eu quero me enterrar numa mulher, morrer e deixar pra ela uma herança incomparável de prazer e gozo.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

O impossível só é possível para os obstinados!!! Em décimo grau.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Nunca iniciei uma mulher sexualmente, mas, dei as que me amaram, pós-graduação, doutorado, e mais, e mais, e mais, até que, exauridos, dormíamos, para sonhar que amanhã tudo se repetiria.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

É muito fácil falar adjetivando ou citando, eu falo a partir das minhas próprias vivências, elas são concretas, reais, elas sou eu.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não sei qual é o meu maior problema: dormir ou acordar.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Com pimenta tempero tudo que como, até BUCETA.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Estou um ELEFANTE, acuado por um rato!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

O social nos separa (graças a deus), a tesão nos une (graças a deus)!!!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Agora chega, meu dia hoje foi custoso, cansoso e, acreditem, muito, muito saboroso, obrigado a todos que participaram deste dia.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Fomos gerados da dificuldade, pela dificuldade e para a dificuldade, portanto, a dificuldade é o objetivo nosso. Amém.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Difícil ser mulher, difícil ser homem, difícil ser... Lindamente difícil!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Há uma escova de dentes no banheiro, no banheiro há uma escova de dentes, tira essa mão daí, essa escova de dentes é minha e de mais ninguém!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Gente, não se preocupem comigo, eu estou bem, só que penso muito, e pensar, às vezes, dói.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não tenho mais tempo pros sonhos, agora só me resta a realidade, e eu não sei precisar até quando!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não existe um projeto de felicidade, existe sim uma vida com percursos diversos que ora nos leva ao inferno, ora nos leva aos céus, essa mudança pode ocorrer a cada segundo, portanto, segura pião!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Ninguém impugnará a minha forma de ver o mundo, ela é só minha, enquanto que, as de vocês são suas e de mais ninguém.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Eu jamais serei feliz, a felicidade é um sintoma muito forte de imbecilidade.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Por favor, não levem a sério o que escrevo, são apenas elucubrações insanas guiadas por um vinho B&b.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Constato que a tv tem pra mim a mesma função do rádio, eu apenas a ouço, enquanto penso e escrevo bobagens pretensiosas.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Odeio os inocentes, eles são a cancela aberta para o atraso humano.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Eu escrevo com duas pretensões claras, a do elogio e a da crítica contundente e cruel (Nelson Rodrigues, meu mestre). Pois, a unanimidade é apenas sinônimo de burrice coletiva.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Tenho cometido, ultimamente, um ato dos mais civilizados, ligo a tv num qualquer canal e, como se fosse um rádio da minha infância, deixo-a falando, e falando, enquanto leio o jornal do dia.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Eu não tenho nenhum problema em abrir o vinho com o abridor errado, eu não sou garçom, sou bebedor de vinho.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Me preparei para grandes lutas, para grandes adversários, e perdi para uma formiga, que me picou enquanto eu dormia sonhando em glórias!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

A bússola quebrou, nossos pontos cardeais já não existem mais.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Eu não escrevo, eu cometo erros!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Minha secretária, insípida eletrônica, não registra a sua voz há mais de um mês. Será que perdi a vez? Quem sabe prum médico homeopata ou prum ator canastrão da novela das seis.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Nossos telefones não se falam mais, você não liga, nem eu.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Sou muito jovem pra me negarem amor, tenho só 64 anos de idade!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Morro de medo de ser convidado para comparecer a alguma solenidade na CASA BRANCA, eu seria fatalmente a mosca negra a ser atingida por atiradores de elite naquela imensidão preponderantemente branca.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Aliás, celular é apenas uma ficção, a ser realidade no próximo século.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

A vida é muito pequena para ser vivida economicamente, quero sempre cheia, a minha taça de vinho b&b.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Sou uma dessas bestas humanas que racionalizam a sua porção animal, ou seja, somos usinas produtoras da nossa própria infelicidade. (Peço desculpas à besta citada acima)
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Seria tão bom o fim do mundo no final deste ano, só espero que nós tenhamos tempo para gozar nos últimos 4 ou 5 minutos finais.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Quem sabe um dia terei uma pessoa, numa casinha de sapê, alisando e acarinhando meus sonhos mais vitais.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

A compulsão é a única possibilidade de salvar o mundo, o resto é dormir, ter bons sonhos e quem sabe, até acordar!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não existe vida após o útero, ou seja, após o útero só existe morte, portanto, não estamos vivendo, estamos morrendo.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Acho que GOYTACÁ e KAIOWÁ só se encontravam em banquetes antropofágicos, onde um comia o outro e morriam felizes.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Salve o Teatro. Impossibilitado de sofrer mais, parto pra luta arrancando o luto, afinal, eu sou um homem, não sou um puto!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Tenho em meu currículo um dado estranho e curioso, jamais desvirginei uma mulher, mas me tornei referência para as inteligentes que me namoraram.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

(SAINDO DE MIM MESMO). Não serei eu quem mudará o mundo, mas posso defendê-lo um pouquinho!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Normalmente não vou ao psiquiatra quando estou trabalhando, a minha salvadora terapia é atuar, se eu parar de atuar enlouquecerei!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

NADA ESPEREM DE MIM. Não fui, não sou e tenho certeza não serei jamais o homem ideal, sou apenas mais um idiota, entre tantos, que caminham trôpegos pela vida afora!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Odeio pessoas que não se arrependem de nada que fizeram, eu vivo me arrependendo!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Qual você prefere, a verdade ou a realidade? Sendo que a verdade você inventa e a realidade é o que é. Qual você prefere?
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não estarei disponível ao seu chamado cruel, pode ser um defeito, mas precisei ser homem desde "pequenininho".
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Jamais serei o único homem na face da terra, precisarei de outro para matá-lo e viver feliz para sempre!!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não quero ser administrador cultural, não quero ser gestor cultural, não quero ser poder cultural, quero ser cultura, que caga no mato e faz sexo na moita. E sempre feliz, chegar ao topo da pirâmide social, ou seja, lá em baixo, na base, no alicerce, o resto é tesão que pode modificar tudo....
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

A inversão dos comportamentos sociais normalmente não dá certo, por exemplo: não arranje um amante antes de ter um marido, isso é inviavelmente possível, pra viver isso só sendo mineiro e tendo um comportamento tancrediano, que foi o único presidente que não chegou a ser presidente, portanto, nem ele conseguiu.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Segredo da felicidade: mulher aprenda a ser mulher, homem aprenda a ser homem.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

É claro que entendo mais o homem, mas admiro mais a mulher, pois é ela que eu procuro pra me completar e me salvar.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Eu jamais entrarei em debate com alguém que ache e acredite que a sua ignorância é a única verdade no mundo, me recolho a minha humilde ignorância e vou pra cama tentar dormir e sonhar sem compromisso.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

???Estarei só em algum momento da minha vida??? Jamais, terei sempre comigo os germes e as bactérias que me habitam, e depois os vermes que me devorarão, nunca haverá solidão para este que vos fala.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não sou igual a ninguém, aliás, não sou igual a mim mesmo, isso determina a minha vontade de ser diferente a cada segundo, o resto é burocracia cultural, na qual jamais serei enquadrado!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Não prometa seu futuro a ninguém, ele pode não existir!
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

Há pessoas que conseguem se amar pela internet, a vantagem é que economizarão camisinha.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

PLACAR


Tonico, o morto imortal!!! O câncer mais uma vez se insinua, ele vem faceiro, de forma maneira, não sabe que quem o espera é Tonico Goytacá Pereira, índio dos mais guerreiros, guarda alta, esquiva ágil, assimilando com maestria a tentativa do golpe mortal, grita com as vísceras saudáveis: Sai pra lá câncer de merda, vai atacar quem mora nas nuvens, eu piso na terra e na terra me criei e, por certo, na terra morrerei. Tonico, não mais alfa, mas ainda macho, saberá resistir e do meio desta arena mortal gritará: No momento está 3 a 0 pra mim, as possibilidades de mudança após essa partida serão de 3 a 1 pra mim, ou de 4 a 0, pra mim também, e se der o primeiro resultado (3 a 1), eu não terei perdido, apenas estarei morto, com a dignidade de um macho alfa que não conseguiu sobreviver, sendo apenas um macho qualquer! Tonico, um macho machucado, mas quem não é?

Sou ególatra? Sou. Sou pretensioso? Sou. Sou metido? Sou. Enfim, sou rodriguianamente escroto (incoerência a seguir), não gosto de citar (?) ninguém, mas, confesso, adoro ser citado (?) nas minhas mais bobas manifestações. Loucura é loucura, cada um com a sua!!!

SONHO MEU, SONHO MEU!!!


Um dia todos os homens estarão mortos, e todas as mulheres estarão vivas. Eu disse todos os homens? Não, eu serei o único homem vivo, só morrerei após trepar com todas. O mundo será povoado por filhos meus (Adão e Eva será história da carochinha) e todos se chamarão Pereira, a raça miscigenada dominará a terra, onde a bebida oficial será "pau Pereira" e todos meus filhos serão felizes e incestuosos. Agora passo a esperar a morte de todos os homens (sou egoísta mesmo), para, então, começarmos essa nova era de felicidade miscigenada. Ass.: SEITA SEXUAL PRAZEROSA, TONICO GOYTACÁ PEREIRA (primeiro e único). Até lá meninas!

Poesia irregular de uma mente irregular tomando regularmente vinho B&b!!!! Lagoa, Lagoa, Lagoa, a mim se oferece, como uma buceta, ao mesmo tempo, aberta, na medida certa pra minha caceta, dos meus desejos, dos meus prazeres. Sois minha e de mais ninguém, sou seu para sempre também.

AO SENHOR PRESIDENTE DO RETIRO DOS ARTISTAS.


Os elefantes velhos sabem o caminho; eu, um homem velho, por mais selvagem que seja, não sei. Preciso urgentemente começar a decorar, quero chegar lá guiado por mim mesmo, sem ajuda de filhos, irmãos, mulheres, pai. Quem sabe um GPS possa me ajudar com aquela voz impessoal e me indicar com clareza o local exato do "RETIRO DOS ARTISTAS". Adianto, não preciso de muito, só de um bangalozinho, quarto, cozinha (miojos) e banheiro. O quarto, espero, grande o suficiente para minhas práticas onanistas (tenho pau grande), que me façam lembrar do macho alfa que fui, até a minha derradeira respiração ou gozo (pra mim é a mesma coisa). Senhor diretor presidente do retiro, aceite-me, apesar de não ser artista, mas um simples ator de ofício, só me permitindo sair para trabalhar (teatro/televisão/cinema), com motorista, é claro, afinal, serei um retirado (que, espero, pelo tempo de contribuição) com alguns privilégios. 
Ps.: o vinho é por minha conta. Fortes abraços no aguardo de sua resposta positiva. Tonico Pereira.

O HOMEM TRAVESSEIRO


Privilégio de um ator. Estou me traindo, mas é uma traição boa, sem dúvidas. Eu mesmo disse, poucas horas atrás, que hoje seria o dia do meu silêncio, mas, após uma garrafa de vinho B&B, pego caneta* e papel e esqueço o compromisso assumido antes. E eis-me aqui descobrindo uma nova possibilidade de sonhar (talvez eu seja um retardado), ou seja, a de sonhar acordado, pois é, estou acordado. Acabei meu ensaio do HOMEM TRAVESSEIRO e o teatro me traz novas/velhas magníficas possibilidades, a de ser inteiro/íntegro na minha vida, ou seja, no meu sonho acordado. O teatro me salva e me leva (no sonho acordado) a uma realidade palpável de intensa felicidade, ou seja, eu mais uma vez não me traí. Tonico (lúcido consumidor de vinhos B&B).
Tonico.

HOMEOPATIA FACEBOOKIANA


O homem que conhece profundamente o homem será eternamente confuso. Este é um estado privilegiado, quase inalcançável.
+++++++++++++++

Gostaria de ser poeta, mas não poeta das palavras exatas, e sim das palavras viscerais.
+++++++++++++++

Asseguro, tenho pica pra vida inteira, porém, asseguro, não terei vida pra essa pica toda, que pena!
 +++++++++++++++

Espero conseguir não gritar, hoje o silêncio gritará mais alto!!!!!
 +++++++++++++++

Não sou um homem de estudos profundos, ao contrário, sou um homem de estudos rasos, onde sei que dá pé e posso respirar confortavelmente.
 +++++++++++++++

Reconheço em mim um defeito, que na verdade é uma virtude, eu não falo inglês.
 +++++++++++++++

Culpa nos leva a decisões horríveis, ou não!
 +++++++++++++++

Os medíocres serão amados incondicionalmente, os expoentes serão amados incondicionalmente por interesse!!!
 +++++++++++++++

Se o que te move é a culpa, siga a tua culpa!
 +++++++++++++++

Uma noite nem sempre dura uma noite, às vezes, uma noite pode durar uma eternidade, a minha está começando agora, não sei como será, se não tiver respostas rápidas e precisas sobre o meu destino.
 +++++++++++++++

De qualquer maneira, em cena, meu coração estará feliz!!!!!
 +++++++++++++++

Sou exigente, só gosto de mulher inteligente, as burras fogem de mim como o diabo foge da Cruz, graças a Deus!!!
 +++++++++++++++

São poucos, muito poucos mesmo, os machos alfa no mundo, por exemplo, eu com 64 anos só conheci um, EU MESMO!!!
 +++++++++++++++

A bíblia diz: "O HOMEM FOI CRIADO À IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS". Eu concluo: ENTÃO O HOMEM É DEUS.
 +++++++++++++++

Não sou católico, não sou protestante, não sou espírita, não sou crente, sou homem, sou Tonico.
 +++++++++++++++

Os grandes mestres não ensinam, incentivam!!!
 +++++++++++++++

A vida é uma merda, a gente morre no final!!!
 +++++++++++++++

Eu tenho (felizmente) um ego muito grande, aí passo a imaginar, o que será do mundo sem mim? E, infelizmente, chego a triste conclusão, nada mudará!!!
 +++++++++++++++

Levo uma vantagem no bolso (morram de inveja), sou mestiço puro!!!
 +++++++++++++++

Se você tiver um olhar sempre crítico, tudo valerá a pena ser visto!
 +++++++++++++++

É melhor ligar na hora certa, do que estar aí nas horas erradas!!!
 +++++++++++++++

Nos só vivemos enquanto trepamos, o resto é morte!!!
 +++++++++++++++

Amor não basta, é preciso ter buceta e pau até o dia final.
 +++++++++++++++

Eu só quero ser exceção, onde domina a regra. Em resumo, eu sou único, pra justificar a merda!!! Veja que merda!
+++++++++++++++


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

SABOR: NOTURNO


Decididamente sou masoquista. Eu gosto da noite e, no entanto, ela cresce na minha cabeça como um monstro que me dilacera e devora, e ainda usa o meu próprio vinho B&b para temperar as minhas vísceras, tornando-as comestíveis e de paladar agradável. Por que isso se dá? Não sei, tentarei me lembrar desta pergunta para fazê-la ao meu psiquiatra. Só sei que a noite transforma meus sentimentos em fraturas expostas muitas vezes neste veículo demoníaco chamado Internet, e não me envergonho, não conseguiria jamais ser hipócrita a ponto de conviver em segredo com meus próprios devaneios. Ao contrário, espalho-os diante de um ventilador imaginário, só isso me deixa mais ou menos calmo, mais ou menos pleno, e então consigo dormir e esperar que outra noite venha de lá me atropelando e me colocando novamente em sangue diante da Internet. E esperarei as outras noites subsequentes, sedimentando o meu masoquismo noturno, até que numa noite, numa dessas noites me faça dormir para sempre, sem que o masoquismo se faça presente em minhas noites diárias.

Tonico, a coruja da Lagoa.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

TATU BOLA


Várias cabeças pensantes e bem pagas escolheram as possibilidades de nome para o mascote da Copa do Mundo no Brasil. E onde chegaram? Pasmem: 1- Amijubi; 2 – Fuleco ; 3 – Zuzeco. Pois é, eis o cardápio oferecido ao povo brasileiro para sua escolha. Inacreditável! Sabendo-se que o animal símbolo é o nosso querido TATU-BOLA das nossas caatingas, bicho brasileiro, com um nome autêntico, e autênticas possibilidades de se transformar em bola. Ora, pergunto: porque o nome não poderia ser o do mesmo TATU-BOLA, pra que pensar tanto? Horas e horas para chegar às excrescências desses nomes, quando nós, brasileiros, já temos escolhido em nossos corações o nome autêntico de TATU-BOLA. O resto me parece uma eleição envolvendo os nossos políticos, são votados apenas pela obrigação imposta de termos de votar. Mas, no caso, podemos reagir. Podemos não votar em nenhum dos três e por aclamação repercutir nas mãos o que sentimos nos nossos corações. TATU-BOLA é o nome que queremos como nosso verdadeiro mascote! Fora as aberrações sugeridas por alguns isolados brasileiros (se é que são) que querem ao escrete, à nossa Copa, um início já com três pontos perdidos pela escolha errada do nome.
Avante TATU-BOLA! Se ofereça como bola apenas aos nossos jogadores que, por terem nascido no Brasil, já tem uma intimidade com ela, que intimidará qualquer adversário. Porque o TATU-BOLA nos será sempre fiel e verdadeiramente nossa bola.

Meu voto é declarado e aclamado para o TATU-BOLA ou então abstenção total!

Tonico Pereira é de ofício ator (reparem, não artista) e torcedor do Goytacaz.

domingo, 11 de novembro de 2012

VIVÊNCIA, SABER E CONHECER, DIPLOMA


Parece a mesma coisa, mas não é. É claro que a olhos simplórios eles têm o mesmo valor, mas com um pouquinho (pouco mesmo) de profundidade saberemos que o conhecer se adquire num ambiente acadêmico, por exemplo, com a maior facilidade, padronizando os conhecedores e fazendo-os repetir para sempre conceitos que não são deles, mas de toda uma estrutura. Onde o que menos importa é o questionamento, onde só lhes é imposta a visão do grupo, sem nenhuma possibilidade de raciocínios ousados e inventivos. Pois, para eles, só existe a erudição sacramentada por um pensamento que os impede de pensar por si só. Já o saber brota do nada, apenas do processo respiratório do ser humano, onde o viver é a escola mais importante que faz acumular a verdadeira sabedoria. E aí sim estaremos diante de um homem com possibilidades geniais e artísticas, ele não conhece de fora, ele conhece de dentro. Os seus problemas mais elementares não serão resolvidos lendo uma bula de conhecimento, mas vivenciando e sabendo que a vida prática supera o conhecimento (acadêmico) em todos os sentidos e isso só não é reconhecido porque os acadêmicos de plantão criaram métodos de aferição onde só diploma é válido, em detrimento de um homem que sabendo (vivencialmente) poderá desempenhar-se bem melhor do que um copiador de conhecimentos alheios, onde não lhes cabe o raciocínio original. Com raríssimas exceções, que existem para confirmar a regra.

Claro que escrevi bobagens, mas tive a coragem de tentar transgredir, e só o fato de grandes inventores criarem alguma coisa a mais pelo simples fato de errarem uma fórmula consagrada e descobrir no erro que a sua criação não errou, ela foi além das expectativas acadêmicas.

Tonico Goitacá Pereira (decano da escola da vida, bares, puteiros e congêneres).
Tenho vivido dias internos, explico: não tenho olhado para a minha lagoa, bem em frente aos meus olhos, mas tenho olhado do ponto de vista da traseira dos meus olhos para as minhas vísceras mais internas e íntimas. E vejo que o movimento delas me levam a crer que ainda estou vivo, e onde a vida existe, a esperança também existe. E me agarro como um afogado a esta possibilidade, para voltar com gozo múltiplo a olhar pra minha LAGOA RODRIGO DE FREITAS.

Produção Profana de uma Mente Vagabunda 3


Fui, não sei pra onde, espero voltar, não tenho nenhum plano de voo, nem pra ir nem pra voltar, mas continuo acreditando em mim, isso é bom.

De que adianta ser interessante? Se o mundo prefere os desinteressantes!!!

Quando os tacos começam a soltar e você próprio não consegue colá-los, fique em alerta, a decadência está batendo à sua porta, saia antes que ela entre.

Sincopada é a minha trepada, com variações jazísticas, ê coisa boa.

Sem nenhum equipamento especial, eu consigo atingir o pré-sal (da mulher).

Tem um momento na vida que só me resta roncar!!!

A partir de agora tentarei dormir, não me acorde, sou um monstro quando acordo cedo, cuidado, eu posso te comer.


Hiperativo, diabético, três cânceres vencidos, fumante (tentando parar), completamente louco, por opção e por loucura também, tomador medianamente compulsivo de vinho. Nada disso me matou ou me matará. Agora, esperar sentado num sofá por um hahaha, isto pode me levar à morte prematura e instantânea.


Sozinho é o estado natural da natureza humana (redundante e real). Podemos nos agregar em apartamentos, edifícios, ruas, bairros e cidades... mas será a solidão, a solidão individual e indivisível, que norteará a nossa passagem por este mundo. Não adianta as afetividades entre mulher e homem, entre pai, mãe e filhos... Nada é mais determinante do que a solidão, que se inicia com a nossa expulsão através da buceta de nossa mãe (em princípio bíblico e não médico). Sempre achei que a palavra parto é verbo. Partimos o nosso vínculo e nos transformamos em mais um solitário neste imenso mundo de solitários. Tentam nos agrupar (socialmente) através de vários paradigmas organizacionais, mas a nossa reflexão recôndita será sempre nossa, indivisível e crescente. No mais, morremos e a expectativa de solidão será muito maior do que a do nascimento. Afinal, no nascimento encontramos vários solitários nos esperando com a esperança renovada a cada nascimento de que a solidão acabará. Mera inocência, isso não acontecerá e um dia encontraremos a morte, e notaremos que toda a procura para fugir da solidão só nos levou com a nossa, a sua, a de todos nós, à solidão total, onde só os vermes nos farão companhia. Será? Ou seremos apenas pasto para a também solidão dos vermes?

Tonico, o verme de minha própria solidão.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

SERVIÇO


SENHORES ATORES, “SER OU NÃO SER?” NÃO É UMA FRASE, É UMA ANGÚSTIA!


“Ser ou não ser?” É o pensamento mais intimista (na minha visão) da obra de Shakespeare. No entanto, os atores guiados pela primeira leitura do texto - associada à sacralização que envolve o próprio Shakespeare por ser um clássico (ignoram que ele vem do popular mesmo) – propõem invariavelmente ao público a decisão da sua angústia de forma declamatória. Quando, na verdade, ela é só do Hamlet e poderia nem ser exposta verbalmente para a plateia, mas apenas suprimida ou substituída por um olhar e com ele explicitar toda sua dúvida existencial, orgânica e, ao mesmo tempo, prática. Para aí, com o seu atuar, definir por si se é ser ou não ser e não impor esta dúvida que, certamente numa era shakespeareana, dada a sua condição de popular, entraria na arena como um Chacrinha e perguntaria à plateia: “Quem é Ser levanta a mão, agora quem é não Ser levanta a mão”. E declararia em voz alta: “Foi decretado pelo público presente custeador do meu pão diário ooo empate!”. O resultado seria absurdo, tendo qualquer ganhador. Portanto, senhores atores, deixem que os seus personagens Hamlet, tenham por si o prazer da dúvida. O que, em tempos contemporâneos, seria apenas sentida por ele (Hamlet), sem a necessidade da verbalização. O resto é o ator querendo ir além da vida e, portanto, do Teatro, onde só cabe a cada participante a humildade como prazer dos Deuses verdadeiros dos Palcos.

PS.: quase sempre o ator que vai assumir o personagem Hamlet traz para si a responsabilidade de declamar “ser ou não ser?”. Pois saiba este ator que “ser ou não ser?” é apenas uma reflexão e não uma declamação imposta pela sacralização de um Shakespeare, que só queria o aplauso dos amigos na plateia.

Tonico (O Analfabeto que Escreve... Mal)

Produção Profana de uma Mente Vagabunda 2


Como não conheço os filósofos, crio a minha própria filosofia: O homem não vive sem o caos e o caos não vive sem o homem. Filosofia altamente questionável de Tonico, o filósofo das bobagens.
----
Apelo às ONGs bem intencionadas: salvem-me! 
Sou um homem em extinção, eu sou viciado em mulher (nada contra outros vícios).
----
Os sábios me ignoram, tudo bem, eu também não os conheço. 
Tonico, o vira-lata chupador, por honra e mérito.
----
Evidência imbecil: nada a postar, não posto nada!!!
----
Minha alma é tão nova que nada sabe de vidas eternas e encontros do passado. 
Tonico, o bebê ainda em fase de amamentação (por favor, amamente-me!).
----
Não sou capaz de nada, ou seja, sou capaz de tudo!!!!!!!!!! 
Tonico Goitacá Pereira, descendente de uma tribo extinta, quer dizer, nem tanto, ainda respiro!!!

domingo, 4 de novembro de 2012

ESCREVER


Odeio computador, ele não consegue 
(por mais rápido que seja) 
acompanhar a velocidade da minha sofreguidão!

Há alguém que não existe, a não ser na fantasia.


Na angústia da noite de Teresópolis, solitariamente acompanhado, só me lembro do seu corpo pelado, do suor molhado, trêmulo pelo orgasmo.

Produção Profunda de uma Mente Vagabunda


Vinho, vinho, vinho, atinjo a consciência total, mas não posso falar... logo, algum imbecil movido a pobreza de espírito falará  entre dentes: “lá vem o bêbado do Tonico, sempre a pensar que tem alguma coisa a dizer...”
----
Meu Deus é o Homem, sabe por quê? Porque ele falha mais do que acerta!
----
A mulher só amadurece quando o pai deixa de ser a referência masculina; o homem só amadurece quando a mãe deixa de ser a referência feminina.
----
Desencontros às vezes são saudáveis (tomando vinho), eles nos trazem o prazer infinito da saudade.
----
Se eu tivesse alma amaria a sua; como não tenho amo com o meu próprio corpo.
----
Não acredito em encontros d’alma, mas sim de corpos!
----
Juntos na cama nós respiramos. Juntos numa cidade nós respiramos o mesmo ar. Graças! Nós somos contemporâneos da mesma poluição.
----
A saudade só é validada quando sentida pelo presente e pelo ausente na mesma intensidade! Em número ímpar. E vice-versa! O resto é defasagem, é insustância da realidade.
----
Vou tentar dormir, porque hoje não consigo mais viver. Quando acordar espero estar vivo pra continuar amando...

----
Por favor – não durma antes de acordar.
----
Esta noite tomei uma garrafa e meia de vinho, sabe por quê? Porque precisei da minha racionalidade absoluta.

Tenho uma maneira incrível de encarar a solidão, basta ficar-me sozinho!!!
Calma, não me achem um homem infeliz, sou capaz da felicidade. Mesmo que ela diga não.

Eu só quero provar ao mundo que posso amar em todas as posições, em todas as divagações etílicas, em todas as situações absurdas. E não me desafiem com textos medíocres, pois a mediocridade é uma bandeira minha, ela me pertence. E Vira Lata que sou, enfrento com a disposição da morte qualquer cão Pastor Alemão feito em laboratórios nazistas. 
Venha, eu não lato, eu mato!

Tem gente que gosta de amar;
Tem gente que gosta de falar;
Tem gente que gosta de ser amado;
Tem gente que gosta de escrever;
Tem gente que gosta de mulher;
Tem gente que gosta de sexo;
Tem gente que gosta de dormir;
Tem gente que gosta de atuar (ator);
Tem gente que gosta de atordoar;
Tem gente que gosta de ficar acordado;
Tem gente que gosta de esporte;
Tem gente que gosta de erudição;
Tem gente que gosta de comer;
Tem gente gosta de acordar tarde;
Tem gente que gosta de...
Tem gente que gosta até de mim.
Tudo isso isoladamente gostado.
Eu gosto de tudo isso isoladamente, ao mesmo tempo e total.

Tonico, o Gostador.

Trocaste o vinho pela água, trocaste a sensatez pela caretice; Trocas, trocas, trocas... Trocarás até chegares ao primeiro que trocastes, e lhe beijará a boca e chupará o seu pau e depois o fará penetrar-te  até o juízo final. Como não acredito em juízo nem em final, morreremos de pau dentro, que é muito mais legal.
Evoéééééééééé!

CORAÇÃO BOLA


As crianças me querem criança, a mulher me quer adulto. Paro, pego uma faca, arranco o meu coração e ofereço-o à mulher com um conselho: jogue-o para as crianças, elas disputarão uma pelada com ele. E morro satisfazido, pois satisfiz todo mundo, principalmente a mim com a minha morte total e irreversível.






O ser humano é uno, não se divide em raças. Estas são apenas etiquetas pobres com que os reacionários homens tentam classificar seus irmãos, todos de sangue universalmente lindo, universalmente VERMELHO.


Tonico Goytacá Pereira, orgulhosamente miscigenado.

Acho super legítimo e carinhoso pensar em salvar os animais, mas acho mais legítimo ainda pensar em salvar as crianças miseráveis que habitam as nossas ruas. Aliás, os índios também.

Tonico Goytacá Pereira.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

??? RUFIÃO ???


Tenho 64 anos e sou um homem virgem, ou seja, nunca desvirginei uma mulher. Não porque não tentei, mas por uma incapacidade absoluta das minhas duas cabeças, a de cima e, preponderantemente, a de baixo. Qualquer “ai” da mulher me leva a uma brochura incomensurável, já até tentei uma xilocaína para que não ouvisse um “ai” do outro lado, mas foi um tiro na cabeça, a de baixo. A xilocaína levou o meu pau a um desinteresse absoluto pela vagina a mim oferecida. Enfim, aceitei que desvirginar não é a minha excelência, mas, diante desse quadro pessimista e irreversível, me sobra a presunção tão própria de mim mesmo, e também irreversível. Não sou capaz de ser um homem definitivo para uma mulher. Tenho muitos defeitos e inclusive o da presunção de ser uma referência para as mulheres que amei. Não fui capaz de levá-las à felicidade plena, às vezes até ao sofrimento, mas fui capaz de ser uma referência para elas, um AT/DT, ou seja, antes de Tonico e depois de Tonico (presunçoso mesmo). E deixo como legado/herança para todos os meus amores passados e presentes e futuros a sabedoria do que é ser um homem, uma referência, uma medida inexata, não de um metro, mas de um metro e um centímetro (os outros podem ir ao máximo de um metro), para que elas possam se relacionar de forma quase plena com os homens que me sucederão nas camas. Pois, como um amigo (Antonio Pedro) uma vez me adjetivou, sou um mero rufião (vá ao dicionário!) para que minhas mulheres passadas, presentes e futuras saibam aproveitar melhor dos seus homens pós-mim, e que sejam felizes para sempre. Serei feliz também, ao meu modo, claro, apenas sendo referência para elas quando olharem para os seus respectivos pretendentes e julgarem: “é... este tem 60% do Tonico, está ótimo; este tem 50% do Tonico vou ficar por aqui, tá bom pra mim; ou ainda, este tem 90% do Tonico, devo estar fazendo uma análise errada, mas não vou arriscar mais, é melhor parar”. E, satisfeitas, viverem o resto dos seus dias pensando, numa dúvida atroz, será que calculei o percentual de forma certa ou isso sem Tonico eu sei fazer?
É apenas uma presunção, mas é real e existe dentro da minha mais forte convicção. Eu sou 101%, o resto é que se dane! T.

Com requinte sou capaz de trair, sem requinte nenhum sou capaz de ser traído. Neste único ponto não consigo ser rodrigueano, ou seja, o personagem rodrigueano que veste as minhas medidas exatas é o “canalha” que sou! Tonico.

CARÊNCIA ABSOLUTA – TOTAL E INDIVISÍVEL


Não me basta querer, me importa sim ser querido totalmente.
(Momentaneamente louco, porém, lucidamente vero.)
Tonico, o canalha.

Não me incomoda o passado de uma mulher (isso é saudável), me interesso pelo presente dela, como uma doença incurável e morta, ou seja, sou um câncer em evolução contínua.
Tonico, o doente imaginário, absoluto.

64 + 64


Alguns viveram a vida, eu apenas a sobrevida. O que existe antes é apenas a trepada do meu pai Hernandes com minha mãe Maria José, o resto foi lucro. Sobrevivi até agora, 64 anos, e tenho como projeto viver mais 64, conseguirei? Não sei, mas é minha pretensão. Talvez consiga, pois sou agregado ao improvável, como foi a minha respiração, após sair da buceta da minha mãe. E se morrer com 70 anos terei a consciência de que vivi mais 64, pois só a cabeça me domina, a de baixo e a de cima, e ela é a certa do tempo. O tempo só existe a partir dela. Portanto, morrerei com a idade que minha cabeça conceber e não o físico, aliás, espero que o físico seja só meu corpo excetuando o meu priapismo milenar e inatingível por idades e decadências. Me desculpem os que me leem, mas só me importa o meu pau duro adinfinitum, o resto é apenas um orgulho imbecil de uma vida mal vivida.
Tonico.

A minha incoerência tem limites, por exemplo, eu não me traio.
Eu gosto de morrer sozinho, todos os dias eu morro um pouquinho, sozinho.
Interpretar é se permitir falhar, isso é tão humano e de uma sofisticação que muito poucos entendem.
Enfim, me descobri, sou um Sátiro. Porém, não como rapazes, mas sim as Ninfas dos vales que os Elfos das montanhas pretendem...!

domingo, 21 de outubro de 2012

A seriedade é o mais risível dos comportamentos.

O SEGUIDOR

Consulto o meu blog não cotidianamente, assim como, também não escrevo cotidianamente. Ponho-me em atitude de curiosidade e percebo que passei dos 20.300 acessos. Não vou negar, fico feliz. E minha curiosidade me leva avante, cheio de satisfação pelo número alcançado, mas eu quero mais. Vou até meus seguidores e constato quase como um golpe de peixeira que me subtraíram um deles. Na minha carência afetiva isso me leva a um estado de desespero. Me abandonaram, é o primeiro pensamento. Constato que uma desistência me faz mais infeliz do que conquistar 200, 300, 400 acessos. Sendo que, aos olhos frios, todos tenham significado unitário idêntico, mas não para os meus olhos quentes e diferenciados que sofrem tanto com a rejeição, tanto que já não aceitei várias vezes, por exemplo, concorrer a um cargo público (já pensou se eu perco?!), a minha carência me levaria ao suicídio, e é assim que me sinto agora. Tomo três goles grandes do meu vinho B&b (Bom & barato) e já me preparo para o ato fatal. Como despedida olharei pela última vez para o meu blog e então me dirigirei à janela onde cortarei a tela e me jogarei às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, pois esta sim se mantém fiel aos meus devaneios etílicos e sexuais. Olho o blog com o olhar turvo de um bebedor de vinho, quase não enxergando e surpresa, enquanto escrevia tremulamente estas letras, constato que o meu seguidor voltou a se comprometer a me seguir. Seguir meus passos trôpegos pelas noites. Quero acreditar que isto aconteceu, ele voltou, ou será que ele se foi mesmo e um novo seguidor se alojou em meu blog? Não quero mais pensar, fico feliz achando que o antigo está de volta, isso me conforta e me tira da zona do suicídio. Afasto-me da janela com a tesoura na mão, desistindo de romper a tela e atirar-me ao ar. Vou até a mesa onde este papel repousa inerte e acredito. Será que foi isso mesmo que aconteceu? Beneficiado pela dúvida, só tenho a certeza de que hoje não me suicidarei por uma carência qualquer, agradeço a dúvida por continuar vivo e tomando vinho B&b. Tonico.
O caráter de um homem traz muitos amigos, mas muito mais inimigos.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

EU JURO QUE ACONTECE

A materialização de um seguidor do meu blog é quase como uma manifestação espiritual do além, onde um espírito vira matéria palpável, visível e visceralmente presente, numa seção (imagino) onde tudo de sobrenatural pode acontecer, e isso acontece, não muito, mas quando acontece tem a força de um milagre, aliás, só entendo milagre quando isso acontece. Tenho mais ou menos 20.000 acessos ao meu blog, mas apenas duas concrectudes (excetuando alguns amigos próximos, quase que obrigatoriamente). Elas não são esperadas, elas não nos são íntimas, apenas invadem e corroboram nossa presunção e se materializam à nossa frente, com palavras como: “você devia escrever para uma revista, seu texto é muito bom”. Não esperava tanto, garanto, sou apenas uma analfabeto amador que com ousadia escreve, sempre guiado por uma necessidade sem compromisso, fomentada por um vinho B&b (Bom e barato). Essas concrectudes acontecem e vejo que elas valem a pena e me motivam, porque partem do desconhecido ou melhor do não esperado, e elas, por exemplo, me levaram a escrever este texto. Como um garimpeiro velho e desacreditado, descobri que existem esses seguidores anônimos que são verdadeiras pérolas retiradas de um mar revolto e contaminado pela massificação desmedida dos nossos dias. Obrigado aos meus seguidores concretos e anônimos. Tonico.

TONICO PEREIRA – BIOGRAFIA SUCINTA

De batismo Antônio Carlos de Souza Pereira, nascido em Campos dos Goytacazes no dia 22 de junho de 1948 às 12:15h. Parteira Dona Thalita, médico Dr. Jacinto Simões (salvou minha vida e da minha mãe). Local de nascimento: Rua 21 de abril, número 155, centro - local de convivência de todas as etnias sexuais e sociais, prostitutas, malandros, veados, senhores de engenho e etc. Antônio Carlos de Souza Pereira hoje é o ator Tonico Pereira (Cinema, Teatro e Televisão), formado na Escola da Vida que, quando vivida com curiosidade, é a melhor faculdade. Filho de Hernandes Gama Pereira e Maria José de Souza Pereira, descendentes dos índios Goytacazes. Herdou destes as suas principais características, a velocidade na corrida, a natação (eles entravam em bando no mar para matar tubarões e transformavam os seus dentes em ponta de flechas), sendo que a maior característica dessa tribo era o tamanho avantajado do pênis, orgulhosamente herdado e exposto pelo índio Tonico Pereira. Sem mais para o momento devo dizer que o Tonico tem 64 anos hoje e espera, com muita fé, continuar exibindo o seu pau, para delírio da mulherada (e inveja dos homens), pelo menos por mais 64 anos. TP.

?SISTEMA POLÍTICO?

O verdadeiro réu não está sendo julgado neste momento do mensalão. O sistema político brasileiro, este sim, é o grande culpado e não esses fanfarrões que habitam o poder vez por outra, uns mais outros menos. A propina parlamentar existe historicamente na nossa assembleia e no nosso senado, qualquer homem que se instale na presidência, terá, para governar, que abrir as pernas para esses dois poderes, que usam, com raríssimas exceções, os seus mandatos como moeda de troca, sem ter na cabeça a grandiosidade desse Brasil. Esse comportamento é recorrente há décadas, o que me leva a não acreditar em partidos e, em alguns casos mais explícitos, não acreditar no homem, mas, convivo com essa deformação. Por exemplo, quando foi votado o segundo mandato do FHC, que teve também que negociar $ com essas quadrilhas eleitas por um povo, não culpado, mas desinformado pelos interesses de uma elite (?) política que os domina pela desinformação. Não tenho esperança enquanto tivermos um povo que elege quadrilheiros para o congresso e o senado, transformando qualquer presidência, seja petista, seja psdebista, quer seja pmdebista, em refém. Portanto, mudemos eleitor brasileiro e votemos, fundamentalmente, num congresso honesto e poderemos entregar a presidência a um qualquer, um qualquer mesmo, pois nossos guardiões responsáveis pelo amor que temos por um Brasil, será o congresso e o senado. Sendo esses guardiões honestos, não teremos que ganhar a presidência, apenas monitorá-la, através dos nossos representantes verdadeiros e em sintonia com o nosso amor pelo Brasil. Tonico Pereira.

UTOPIA IMPOSTA POR UM VINHO B&B

Já falei disso, mas torno a repetir, o maior inimigo do homem moderno é o crédito. É uma invenção capitalista para remunerar o capital e ao mesmo tempo, a curto prazo, falir o homem que compra e por consequência, a longo prazo, pela inadimplência, o dono do capital. O mundo todo, sem exceções, está vivendo essa crise desvairada e imposta pelo consumo, onde não há vencedores, apenas vencidos. Esta é a essência dos nossos dias. O que nos restará como possibilidade de sobrevivência será o extermínio do crédito e ressuscitar o escambo entre pessoas, entre países, num mundo sem moedas, onde o homem produtor será o regente de uma relação feliz, este mesmo homem será responsável pela manutenção dos jovens e o carinho aos velhos, como qualquer aldeia indígena processa e faz a sua prática social, humana, e com amor à vida, principalmente. Tonico.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Glória! Glória! Glória!

Não morri aos 27 anos, também não morri aos 33 anos. Para atingir a Glória só me resta morrer com mais de 100 anos, vítima de priaprismo total, absoluto e irreversível. Em Glória, Tonico Pereira.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

EDITAL DE FUNDAÇÃO

Venha fazer parte! Hoje é o dia consagrado da fundação da IGREJA DO LIVRE ARBÍTRIO TOTAL E INFINITO, todos os seus integrantes podem e devem fazer o que bem lhes convier, limitado apenas pela não interferência na liberdade do outro(s). Assim Seja, Tonico Pereira – Bispo (até o dia que, por ventura, interfira na liberdade alheia). PS.: Não cobramos dízimo.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

MINHA CAMBAXIRRA

Eu tinha mais ou menos 9 anos, era 1958 (Brasil Campeão do Mundo pela primeira vez). Saí do Clube de Regatas Saldanha da Gama e me pus a andar pela Beira Rio com destino a minha casa, o vento era fresco. De repente, senti um impacto leve na minha cabeça e depois no meu ombro, assustei-me, mas logo vi que se tratava de um filhote de passarinho, mais precisamente um filhote de cambaxirra, um pássaro pequenininho muito comum na minha Campos de antigamente. Corri pra casa, na rua vinte e um de abril, 155, alimentei a cabaxirra com uma papa de farinha e a contragosto dos meus pais, avós e etc, a coloquei na cabeça, aninhando-a com todo o cuidado. Logo vieram as primeiras tarefas que me eram incumbidas, ora por minha avó, ora por minha mãe. Eu sempre com a cambaxirra na cabeça. - Vá ao armazém e traga 1kg de açúcar! – gritava minha avó. Eu, geralmente, fazia isso correndo, mas nesse dia não, fui devagarinho pra não desequilibrar a bichinha no alto da cabeça. Essas ordens que eu recebia eram sempre acompanhadas de: - E vê se tira esse passarinho daí, ela vai te passar piolho, além de fazer coco nos seus cabelos. Eu nem ligava e ia até o armazém do Sr. Ernani, que me dava 1kg de açúcar e anotava no caderno. Ele me apelidou de Dudu Cambaxirra. Dudu era como me chamavam normalmente, mas agora eu tinha um sobrenome que muito me orgulhava, Cambaxirra, Dudu Cambaxirra. O engraçado é que sempre que levei a bichinha na cabeça não tive piolho e ela só fazia coco quando eu a pegava para dar de comer, muito educada a menina. Pois, passados alguns dias, ela foi evoluindo, começou a dar alguns voos tímidos, depois outros mais livres. Mas, logo retornava a se aninhar nos meus cabelos encaracolados (eu tinha uma puta raíva do Elvis Presley com seus cabelos lisos, eu, e talvez o Caetano Veloso, quem sabe?). Até que um dia ela voou de vez, foi até um galho, olhou para mim como se agradecesse e foi em direção aos céus, foi de vez e para sempre, não precisava mais dos meus fartos cabelos. Enfim, amadureceu. Hoje sou careca, os cabelos também se foram, alguns levados pela cambaxirra, outros optaram pelo suicídio e se jogaram ao chão, não ousei detê-los com nenhum tratamento capilar. Não tenho mais cambaxirra e cabelos, mas, ao contrário dos cabelos, essa cambaxirra nunca me saiu da cabeça, seguirá eternamente em meus sonhos mais puros. Acho que será o amor eterno que levarei em minhas lembranças não passageiras. Saudades incontroláveis povoam a minha cabeça, mas me resta um consolo, tenho certeza que ela se lembrará sempre de mim, como aquele garoto que fez dos seus cabelos encaracolados um ninho para acolhê-la, antes do seu voo definitvo. Tonico.
Estou tão velho que a minha próxima conquista há de ser uma geriatra.
Sou um mero marginal social, que por acaso e sorte chegou a ser ator, ou seja, cheguei ao mesmo lugar em que iniciei. Marginal social.
Sou um ser humano capaz de tudo, com o agravante de ser ator.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

TARJA PRETA

A inércia me faz apático e a apatia me faz inerte. Sei que preciso de motivação, a que me ocorre é escrever, mas não será o bastante para me livrar deste estado. Não tenho teatro neste momento, não tenho gravado também, são agravantes. Socorro, Socorro! Um psiquiatra, por favor, quem sabe um silêncio significativo seu me devolva as lembranças de dias melhores! Um tarja preta, por favor! Tonico.
Tomo com disciplina todos os remédios que me receitam, os necessários são tarja preta.

SOBRE O NADA

2:23h da madrugada. Pego o papel, sento-me a mesa, limpo os óculos, e já estou escrevendo, não sei bem sobre o quê. E me vem claramente que é sobre o nada. Mas que nada é esse que impulsiona a minha caneta e disponibiliza minha cabeça, tronco e membros a uma verdadeira enxurrada de palavras colocadas uma após a outra a formar uma ideia (seria?), que verdadeiramente não está me ocorrendo, mas tem a visceralidade de um gozo gostoso? Treme minha mão, eu a observo, e vou cada vez mais rápido escrevendo. Reluto em aceitar essa manifestação energética que qualquer crédulo qualificaria como a de um Chico Xavier. Eu, simplesmente cético, que acredito que Deus é o Homem (portanto, não tão cético assim), apenas me convenço que sou mais um histérico entregue aos meus desejos sonambúlicos, atingido pelos eflúvios de um vinho B&b (Bom e barato) do meu uso diário. E assim me interrompo, paro, e chego à conclusão que, enfim, descobri a roda, e ela estava tão perto que a minha visão cansada não me permitia vê-la, ainda bem que os óculos foram inventados. A roda é…! Tonico.

AMOR = FANTASIA

Nunca trepei sem amar, por isso tenho ciúmes quando alguém que está comigo trepa com outro alguém, porque eu só trepo por amor, e só por amor, só tenho tesão através do amor, e a minha mais insólita fantasia é o amor, somente o amor! Me desculpem se tenho essa tara específica. Tonico.
Meu ídolo é a vida. A vida de qualquer ser humano que respira, é neles que me adubo, como terra que sou, para reproduzir essa imensidão infinita de seres humanos que me habitam para levá-los ao meu veículo de comunicação chamado pobremente de interpretação.
Não quero ser cremado, não quero ser enterrado, aliás, devo dizer: não quero morrer! Ou Não me cremem, não me enterrem, aliás, não me matem!

SOLIDÃO

Que momento é este? Estou empregado, mas não trabalhando. É onde os meus fantasmas internos surgem com a força de um furacão, tomam os meus pensamentos e me deixam moribundo, doente mesmo, com a falta de atividade, as mais variadas, ou qualquer uma que possa me libertar da solidão. Solidão. Tonico.