segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Eu não escrevo e nem atuo por profissão, mas sim por emoção. De vez em quando isso me sustenta e eu sobrevivo mais um pouquinho.
T.

Um comentário: